Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘biografia’ Category

Ok, sei que sumi, desapareci e nem ao menos uma explicação… mas lá vai: troquei de trabalho (posso soltar os fogos???)  e estou com zilhões de coisas para estudar, aprender, fazer e tudo mais. Tanto que nem lembro mais qual é a cor da minha academia… sério! Muitas vezes apelo pro wii fit ou consumo menos pontos que deveria.

Vi que o blog estava bem abandonadinho e, então, aproveitei o fim de semana em família para compensar. Filhota que não é boba nem nada, ama um Applebee’s e foi para lá que nos dirigimos no sábado:

Um peixe grelhado com vegetais no vapor e milho cozido… vale salientar que metade do milho ficou aí e que roubei 3 garfadas da macarrão da filhota! Mas pior mesmo foi ver o Marido se acabando em um Big Apple Burger. Só um objetivo (nesse caso, o casamento da Ju Padilha e do Pedro Boh) para me salvar de cair nessa tentação!

Mas muito tempo longe do blog não me permitiu contar as novidades né? Fora o emprego novo, eu me larguei na orgia gastrônomica e engordei… mas recuperei meus bons hábitos e agora só faltam dois quilos para meu objetivo!

Outra: aprendi que meia hora de exercícios todo dia não matam ninguém. Podem até não emagrecer, mas tampouco te deixam sair da linha. Como disse, tenho usado o Wii Fit, mas na Internet você consegue descolar boas dicas de como malhar em casa – sem precisar de muitas parafernalhas, inclusive!

Apesar da distância, #tamojunto!

E prometo voltar a atualizar com frequência… obrigada pelo carinho people!

Beijos.

Anúncios

Read Full Post »

Quando eu comecei esse blog, pensei: “nem sei se alguém vai ler, se vai ajudar alguém mais , mas vamos lá”. Respirei fundo e comecei a escrever, mesmo às vezes estando atropelada com o trabalho e com o freela, mesmo tendo saído da contagem de pontos e derrapado bonito, mesmo sem ter emagrecido um grama sequer.

O blog me incentiva a continuar e tive gratas surpresas: amiga que diz que sempre lê, amiga que recomenda, alguém que indica para outro alguém e até uma amizade que surgiu nos comentários… é bom saber que não estamos sós, que tem gente se inspirando e apoiando!

Aí, para maior surpresa ever, eis que abro o site de dieta que assino para ficar magritcha e me deparo com a seguinte reportagem: Seja saudável mesmo comendo fora de casa todos os dias. Eu pulei da cadeira, né? Ou seja: não é só coisa da minha cabeça esquisita, realmente é possível emagrecer e ser saudável mesmo não tendo tempo, ou mamãe em casa, para preparar as benditas refeições!

[Olha aí meu almoço, fora de casa: cenoura, pepino, alface, purê, carne com um nico de molho por cima]

Eu SEMPRE digo que a vantagem do almoço no quilo é você poder variar o cardápio e não se enjoar de comer todo dia a mesma comida! E  entre tantas outras coisas, a reportagem diz o seguinte:

” … a regra da alimentação equilibrada e rica em nutrientes continua valendo quando o assunto é vida saudável. E não é difícil segui-la, mesmo diante de um universo de tentações.
Antes de montar o prato, verifique todas as opções do buffet e escolha os alimentos “mentalmente”. “Desta forma, evitamos exageros ao ver tantas opções disponíveis”, explica a nutricionista Carla Fiorillo.
A lógica na hora de fazer a melhor escolha é a mesma de um prato do restaurante por quilo: o importante é priorizar uma refeição que inclua cereais, leguminosas, hortaliças, frutas, leite e derivados, proteínas e gorduras saudáveis. Isso vale para todas as opções da praça de alimentação que vão da comida italiana à japonesa.”

Muito bacana, né? Para ler a matéria completa, clique aqui.

Fica aí mais um incentivo, mais uma dica, para mater a #forçanaperuca. Afinal, #tamojunto!

Beijos.

Read Full Post »

Isso porque a espertalhona aqui esqueceu o cabo do celular em casa e não tem como postar fotinhos! Mas pelo menos as dicas vem de um ótimo lugar… Revista Boa Forma, sempre me salvando!

Eu que fui lá para procurar meios de combater o efeito platô (eu mal comecei a dieta e já tô sofrendo desse mal), achei uma dica MUITO boa aqui para o blog: Perca peso no quilo!

Exatamente!

É um cardápio completo com todas as refeições, mas focando o almoço – horário que a maioria de nós está no trabalho e nem sempre leva uma comida caseira. Eu mesma anotei várias dicas, pois tem aqueles dias (como ontem) que é muito difícil resistir e queremos comer algo mais apetitoso. Para ver a matéria completa, só clicar aqui!

Apesar de ter extrapolado todos meus pontos e alguns mais ontem depois que cheguei em casa (sabe quando problemas pessoais e familiares te deixam em um ponto que só comida resolve? Sei que fui fraca, mas compenso ao longo da semana e rezo para funcionar), essas matérias me deram um ânimo maior, Hoje de manhã medi minha cintura e o meu volume gigante de gordura abdômen e tinha perdido 2 centímetros em cada. Será que já é a massa magra fazendo meu corpo mais pesado?

#vemnimim Dra. Endócrino para eu ter todas essas respostas!

Beijos e bom feriado!

Read Full Post »

Eu faço dieta sem reclamar muito… tudo bem que falo de comida o dia todo (ainda quando encontro blogs como o do Marcel), mas tenho segurado muito bem a onda. E malho, 3 vezes na semana, intensamente.  Pontos extras me permitem algumas regalias… e nem sempre aceito todas, mas aceito algumas… só que hoje está FODAAAA!!!

Estou morrendo de fome, morrendo de vontade de comer doce, puta da vida que a balança não desceu um pontinho sequer… fora os fatores externos que, pouco a pouco, estão acabando comigo! E mesmo assim, eu resisti um pouquinho na hora do almoço.

Hoje eu e o pessoal da Redação do R7 fomos almoçar no Restaurante da Fazenda, pertinho aqui da Record. É um restaurante mega diversificado: tem saladas, sobremesas, comida japonesa, frutos do mar, gostosuras, churrasco… ai tentação!

Sushis, pastéis, paella e cocada de colher…. difícil resistir né? Então, eu me entreguei um pouquinho… de fato, na hora que etsava comendo eu achei que tinha perdido até os pontos reserva, mas mexendo agora na minha calculadora… percebi que comi poucos pontos, mas uma refeição nem tão saudável assim!

Vamos lá: caneloni de ricota e peito de peru, brocólis, cenoura, camarão, bolinho de carne seca e abacaxi com um pouco de cocada. Se vocês repararem  – e compararem com minhas outras refeições – meu prato está pequeno. Fato é: eu até comi (quase) tudo que estava com vontade, mas ainda estou com fome, bebendo água até pela orelha para enganar o estômago! Na minha dieta é recomendada de 8 a 9 pontos no almoço e eu almocei 7.

Pensei em voltar ao buffet e detonar TODA a dieta comendo pavê de brigadeiro, torta de morango, pudim de leite com leite condensado e mais cocada. Porque eu estava com vontade? Não! Porque eu não estou vendo nada surtir efeito… e nada é mais frustrante de que tentarmos, tentarmos e tentarmos e morrermos na praia!

Voltei para o trabalho bem deprê… e marquei uma endócrino! Vamos lá saber se estou com algum problema hormonal (eu já tive hipotiroidismo, vai que atacou de novo!) e o que podemos fazer para essa balança se mexer! Mas o importante é não se entregar… eu não me entreguei, por mais auto destrutiva que seja, quero muito mais entrar nas minhas calças jeans!

Ah… e o docinho e as frituras? Poder, pode… de vez em quando, afinal ninguém é de ferro e eu, graças, não preciso ter um corpo trincado para viver! Mas olha o resultado: quis matar minha vontade e estou com fome… tem que estar disposto a pagar o preço!

Ah… eu não comi o bolinho de carne seca viu? (E nem o bacon da batata e nem o abacaxi todo – tava azedo). Me deu crise de consciência no primeiro pedacinho (bom que matei a vontade só com a pontinha)… eis a prova:

Mas vamos lá, seguir em frente…  pois se o ponteiro da balança não abaixar, pelo menos ele não está subindo! E força na endócrino!

Beijos.

Read Full Post »

Só porque ontem eu não tive tempo (sério, não tive mesmo!!!) de colocar um postzinho aqui, hoje vou compensar tá?

Então, viver só de reeducação alimentar até dá, mas os exercícios ajudam a gastar mais calorias, deixam o corpo mais bonito, liberam endorfina e deixam a gente mais feliz… ADOROOOOOOOO!

 

Se pudesse, eu vivia de pilates e dança (ou só capoeira), mas com os 30 bem pertinho e uma maior dificuldade de emagrecer, resolvi sair da minha zona de conforto e pôr os músculos para trabalhar. Eu não dou muito ouvidos para os instrutores de musculação porque o objetivo é sempre criar volume, de uma forma ou de outra. Ou me aconselho com minhas professoras ou corro para a revista Boa Forma. E foi o que fiz dessa vez!

Olhando o site, me deparei com a seguinte matéria: musculação que transforma gordinhas em gostosas e desde a semana passada iniciei essa série. Sério, eu fiquei morta, moída, nas duas primeiras aulas, mas agora está tudo bem! Até porque depois dessa série intensa, ainda faço um plano de corrida de inciante de 30 minutos. Com apenas 3 aulas, eu e meu marido já percebemos minha perna mais dura, o músculo da pança barriga mais firme e a frequência cardíaca, melhor.

Mas diferentemente do que a  Boa Forma indica, só faço essa aula duas vezes na semana, pois na quarta-feira (hoje… eba!) faço uma hora de pilates para manter meu corpo alongado também…e dá-lhe corridinha no fim da aula. Fim da aula? Sim! De acordo com essa mesma reportagem, os músculos começam a queimar calorias com a musculação e aí depois, quando você corre, derrete mais gordura pois o corpo já está em processo de “queima”. Bacana, né?

Mas aviso: não acredite em todas as revistas, principalmente naquelas que prometem eliminar 10kg em duas semanas. A Boa Forma está aí há anos, faz reportagens com  profissionais sérios e jamais coloca a saúde em risco. Isso não é merschan não… sou jornalista e leitora ativa da revista há anos, sei do que estou falando!

Então aproveitem… agora vou tirar fotos do almoço para vocês!

Beijos!

Ps: todas as fotos são do fotógrafo Fabio Heizenred e estão no site da Boa Forma

Read Full Post »

Todo mundo sabe que a maioria das coisas da vida são mais gostosas de fazer quando se tem companhia… ir ao cinema, jantar, sexo, ir à academia de manhã cedo. Assim, como também é muito bom ter alguém ao lado quando estamos tristes, quando perdemos o emprego, quando estamos no meio de uma crise de choro… enfim! Sinceramente, a vida é melhor quando dividida, compartilhada, sobretudo com pessoas especiais.

Não fugindo à regra, ter uma amiga que faça dieta estimula, ajuda a seguir em frente… o que dirá o marido, então? E digo que é uma ajuda de peso pois até hoje não conheci uma pessoa mais determinada, mais empenhada e que planeja a vida de modo a REALMENTE executar seus planos.

Se dieta fosse fácil de seguir, todo mundo fazia né? Mas nada melhor que ter o apoio e incentivo das pessoas que amamos… não só na teoria! O Matt está fazendo a dieta das notas…. que eu acho bem bacana, vai na mesma linha do ponto. Mas por eu ser mais dispersa e me desmotivar mais rápido, preciso sempre estar sendo vigiada e me monitorando (amooooooooooooo meu contador de pontos eletrônicos).

Na época que trabalhava com a Gisela Rao, também nos apoiávamos e nos pesávamos toda semana, valendo $$ até… isso é um puta incentivo também! Trabalhávamos em 8 mulheres… imagina a deliciosa loucura que era!  E hoje, ter recebido a notícia e o suporte na prática do Maridão, foi o melhor que poderia ter acontecido. Casal que emagrece unido, fica mais bonito e não olha pro lado… hauhauhauahuahauhauha!

E você, porque não segue a onda e chama sua amiga, mãe ou namorado para entrar nesse jogo? Serão momentos difíceis (nem digo que dieta é fácil, porque NUNCA é!), mas vocês terão um ao outro!

(Hoje não tem prato do dia por dois motivos: eu estava com tanta fome ontem à noite que nem lembrei e hoje eu esqueci o cabo para descarregar o celular… =/ Semana que vem estarei mais disciplinada, juro!)

Read Full Post »

Ou seria bem-vindos? Essa nova ortografia está confundindo minha cabeça e estou escrevendo rapidinho porque daqui a pouco a chefe percebe que estou fazendo outra coisa…

Prazer, meu nome é Michelle Vargas e assim como descreve a bio no canto superior direito, estou em guerra com a balança. Para alguns pode parecer exagero, para outros loucura e para bem poucos, uma necessidade… a verdade é que estou na luta para perder 5kg. Não é nada demais mesmo, nenhum absurdo que põe minha saúde em perigo, mas na minha singela opinião, a aparência atinge muito a autoestima e não estou satisfeita com o que encaro no espelho. Esse é só um dos primeiros passos para melhorar minha autoestima… o outro é ler o blog da Gisela Rao.

Minha proposta não é ditar regra, passar dieta ou nada do tipo – estou amparada por uma nutricionista e pratico academia 3 vezes por semana (segunda e quarta faço 30 minutos de corrida e 1 hora de pilates e sexta-feira, 30 minutos de corrida e 40 minutos de musculação) – mas mostrar que é possível emagrecer comendo fora.

Meu marido adora comer em pizzarias, churrascarias e hamburgerias… e eu amo doces. Olha só a combinação! Mas indo nesses lugares percebi que dá para comer sem extrapolar e que não preciso salivar na frente de um sanduíche… claro que não vou devorar um número completo do Mc Donalds, mas posso comer no Mc Donalds… e não precisa ser só salada!

Todo dia que comer fora vou postar o prato aqui e indicar o restaurante e suas opções… assim como no dia que escorregar, também vou mostrar o que devorei. Espero receber o apoio de vocês e que possamos nos ajudar… vamos lá???

Essa foto foi tirada hoje, pela manhã…. explicando meu cabelo bagunçado (porque não deu tempo de secar!). Meu peso atual: 57kg. Meta: 53kg

E vamos que vamos….

Read Full Post »